Digite seu e-mail!
Fernanda Marques>Tratamentos

Tratamentos


A clínica reune tratamentos modernos e efetivos na prevenção e cuidados dos problemas associados à beleza, saúde e a qualidade de vida do ser humano.

Dentro de um conceito de visão multidisciplinar associado a técnicas terapêuticas com bases científicas e éticas, cada vez mais os tratamentos são menos invasivos com ótimos resultados.

Leia também

A Profissional

Fernanda Flores da Cunha Marques é graduada em Medicina pela PUCRS em 1997;
Residência Médica...

A Clínica

Projetada em um espaço de 90m², a Clínica dispõe de recepção, consultório, sala de procedimentos,

Tratamentos

  • Ácido Hialurônico

    Ácido Hialurônico


    É um procedimento cosmético não cirúrgico e consiste na aplicação injetável de um produto sintético para a correção de rugas estáticas e sulcos da face, contorno e aumento dos lábios e correção de cicatrizes.

    O ácido hialurônico é um polissacarídeo, naturalmente presente na nossa pele  pois é um componente da matriz extracelular.

    O que torna o ácido hialurônico atraente como preenchedor cutâneo é ser biocompatível, sua capacidade de hidratação cutânea e o seu baixo risco de reações adversas.

    Seu bom resultado depende da seleção adequada do paciente, considerando-se a área a ser tratada e a quantidade de substância a ser empregada, e estima-se sua durabilidade de 6 – 12 meses.

    Está contra-indicada esta aplicação na presença de gestação e amamentação, portadores de distúrbios de coagulação e uso de anticoagulantes, doenças auto-imunes, infecção na área de tratamento e expectativas irreais do paciente.

    A aplicação é injetável e intradérmica, não requer cuidados especiais e não interfere na rotina do paciente.

    Recomenda-se a colocação de gelo local se necessário e deve-se evitar a manipulação da área tratada e a exposição solar direta nos primeiros dias após o procedimento.
  • Carboxiterapia

    Carboxiterapia

    A Carboxiterapia consiste na aplicação subcutânea de gás carbônico medicinal (CO2) diretamente nas áreas afetadas com pressão controlada.
    É um tratamento que tem tido maior aplicação recente na Medicina Estética,mas o uso terapêutico do gás carbônico iniciou-se na década de 1930 na França,onde são conhecidas as Thermas de Royat cujas
    águas termais são ricas em gás carbônico (CO2)com ação comprovada em diversas patologias,como na cicatrização de feridas cutâneas e drenagem linfática.
    Existem vários estudos multicêntricos comprovando seu efeito no tratamento da celulite,gordura localizada,estrias,flacidez cutânea,rejuvenescimento facial bem como no tratamento de arteriopatias periféricas. e cicatrização de feridas cirúrgicas(www.carbossiterapia.it).
    Para uso ambulatorial,é necessário aparelhos especializados que controlam a pressão de fluxo e volume total de gás carbônico injetado.
    O gás carbônico aumenta o fluxo de oxigênio para os tecidos (pele,gordura,por exemplo),melhora a circulação sangüínea no local de aplicação,estimula a produção de colágeno e a lipólise.
    É um método não-cirúrgico,o CO2 é infiltrado no tecido subcutâneo através de uma pequena agulha e se difunde facilmente no local.O paciente pode sentir uma sensação de ardência,e em razão da circulação aumentada no local,um leve calor que dura por cerca de 10 a 20 minutos.
    Em geral,as sessões são bi-semanais para o tratamento de gordura localizada totalizando entre 15 e 20 sessões; para face,flacidez e estrias, as sessões são quinzenais com uma média de 10 a 15 sessões.
    Após a aplicação deve-se evitar emergir na água (banhos,saunas ou natação),a fim de se evitar a dispersão do CO2 do local aplicado.
    O CO2 é produzido naturalmente pelas células do nosso corpo diariamente,transportado no sangue e eliminado pelos pulmões. Portanto,a carboxiterapia é um tratamento seguro com nenhum efeito colateral relevante.
    A duração do resultado do tratamento depende da aderência do paciente a uma dieta saudável complementada por exercícios físicos regulares.
  • Depilação a Laser

    Depilação a Laser

    Processo realizado com fonte de luz de alta energia que atinge seletivamente as porções inferiores dos folículos pilosos, provocando seu aquecimento pela transformação da energia em calor e consequente destruição do pelo.

    O alvo de ação do laser está no bulbo, uma área inferior a raiz do pelo que contem células com grande capacidade de divisão e células produtoras de melanina, o que conferem a cor escura ao pelo.

    A resposta ao tratamento a laser está ligada ao ciclo de crescimento do pelo, que se completa a cada 30 dias (intervalo médio entre as sessões). A fase ideal para a depilação é a fase anágena, onde ocorre o crescimento da matriz do pelo e há a maior concentração de mela nina nos folículos.

    Sabe-se que a cor do pelo e o tipo de pele do paciente são determinantes no sucesso do tratamento -  quanto mais escuro e grosso o pelo e mais clara a pele do paciente melhores são os resultados.

    A depilação com laser é indicada para eliminação dos pelos indesejáveis do corpo, com predomínio das áreas do buço, mento, virilhas, axilas, pernas e barba masculina.

    Contra-indica-se na gestação, portadores de doenças fotossensíveis (Epilepsia, Lupus), história de quelóide, vitiligo, psoríase, uso de isotretinoína oral e em peles bronzeadas.

    Pelos loiros e ruivos tem menor concentração de melanina e requerem maior número de sessões para serem eliminados; pelos brancos não respondem.

    É recomendado evitar a exposição solar e o uso de métodos depilatórios de tração (cera ou pinça) na área tratada por pelo menos 6 semanas antes.

    O resultado final pode ser a remoção permanente dos pelos ou apenas a perda temporária desses com melhora da foliculite. Segundo o FDA, remoção permanente corresponde à perda significativa de pelos, que seja quantitativamente estável por um período maior que o ciclo completo de crescimento do cabelo que varia entre 4 a 12 meses. É provado por vários estudos que o número de pelos que surgem 6 meses após o último tratamento deverá se manter assim por 24 meses.

    De maneira geral, os pacientes têm grande probabilidade de obterem a remoção permanente dos pelos e entre 5 a 8 sessões com intervalos de 1 a 2 meses serão necessárias.

  • Endermologia Dhermia

    Endermologia Dhermia


    É um equipamento que pode ser considerado como o mais moderno e eficaz para aplicação do efeito de vacuoterapia e massageamento por endermosucção para a estética.

    Considerado uma evolução da terapia subcutânea,o tratamento consiste em uma massagem terapêutica realizada por um cabeçote que promove uma prega cutânea,através de vácuo, e esta é massageada simultaneamente entre dois rolos motorizados.

    Esses dois mecanismos,pressão negativa de vácuo e pressão positiva dos rolos,promovem uma melhoria do contorno corporal.

    Com manobras apropriadas agindo sobre os adipócitos e sobre as fibras dos tecidos conjuntivos da pele,o sistema fornece ótimos resultados no combate à celulite,melhoria no tônus da pele, na redução
    de medidas,no pré e pós-operatório de procedimentos cirúrgicos,estimula a circulação sangüínea local e a eliminação de toxinas deixando a pele com uma aparência saudável e jovial.

    É preconizado o mínimo de 15 a 20 sessões em um intervalo de 1 a 2 vezes por semana.

  • Escleroterapia de Microvarizes

    Escleroterapia de Microvarizes

    Consiste na injeção intravenosa de medicamento esclerosante que visa a oclusão da veia anormal.

    Apesar de serem veias de pequeno calibre e a busca pelo tratamento seja por desconforto estético, as microvarizes e telangiectasias são a manifestação inicial de uma disfunção venosa.

    A origem do problema é um estado de sobrecarga circulatória das veias dos membros inferiores que leva à formação das varizes.

    As causas mais comuns são predisposição hereditária, aumento de peso corporal, gestação, ortostatismo e hipertensão arterial.

    A escleroterapia é indicada para as microvarizes (< 2 mm) e telangiectasias, enquanto que para as varizes de grande e médio calibre está indicado o tratamento cirúrgico.

    Contra-indicações citam-se gestação e amamentação, pacientes acamados; episódios recorrentes de trombose ou história familiar significativa de trombose; infecção local; diabetes, insuficiência cardíaca e valvulopatias descompensadas; doença arterial dos membros inferiores; insuficiência valvular com refluxo nas safenas magna e parva à ecografia Doppler e história de alergia ao agente esclerosante.

    O medicamento utilizado, glicose hipertônica 75%, é um excelente esclerosante, não-alérgico e muito eficaz nos vasos de pequeno calibre.

    As sessões são quinzenais, sendo o número médio de sessões variável conforme o quadro clínico.

    Imediatamente após a injeção é colocado um curativo sobre o ponto de punção com a finalidade de manter por mais tempo o agente esclerosante e reduzir o tempo de tratamento. Observa-se que o uso rotineiro de meias elásticas otimiza o resultado desejado e previne a trombose venosa.

    Não é necessário repouso nem afastamento do trabalho no dia da sessão, sendo apenas recomendado evitar esforço com peso excessivo e atividades aquáticas como natação.
  • Exérese de Nevos Cutâneos

    Exérese de Nevos Cutâneos

    É a remoção cirúrgica dos nevos cutâneos comumente chamados sinais de pele.

    Os nevos melanocíticos são proliferações benignas de melanócitos, células produtoras de melanina na pele e que conferem a cor castanho-escura nestes sinais. Tais sinais são bastante frequentes, principalmente nas pessoas de pele mais clara e alguns estão presentes ao nascimento (congênitos) e são permanentes.

    O principal motivo pela procura de tratamento para estes sinais é a preocupação com câncer de pele, seguido por motivos estéticos.

    O risco de um nevo congênito comum evoluir para um melanoma é baixo, porém é consenso científico que estas lesões devam ser ressecadas, se for tecnicamente possível, sem grande comprometimento estético.

     

    A clínica dispõe de sala específica para pequenos procedimentos, conforme padronização da ANVISA, com materiais descartáveis, sala de esterilização com autoclave em um ambiente que evoca tranquilidade e bem-estar.
  • Indução Percutânea de Colágeno

    Indução Percutânea de Colágeno

    Técnica de rolagem com microagulhas que induz a produção endógena de colágeno a fim de melhorar a sustentação e contorno facial, ação efetiva em cicatrizes atróficas de acne, hiperpigmentação e estrias.

    Além disso, promove uma melhor absorção transdérmica de ativos cosméticos potencializando os resultados.

    O procedimento é realizado sob anestesia tópica (pomada anestésica) com pouca dor e a pele fica avermelhada por 1 a 2 dias.

    O intervalo entre as sessões é de 45 dias e o número de sessões necessárias varia conforme a área de tratamento.
  • Intradermoterapia

    Intradermoterapia


    É uma técnica de tratamento injetável em que se aplicam microdoses de medicamentos em profundidade superficial (entre 2 e 6 mm) no local onde se busca corrigir a alteração estética.

    As principais indicações são para o tratamento de celulite, estrias, gordura localizada, rejuvenescimento facial e alopecia (calvície).

    Os medicamentos utilizados são princípios ativos, soluções isotônicas de ph compatível com os tecidos, não alergênicos e de ação local.

    Contra -indica- se na gestação, amamentação e história de alergia aos medicamentos indicados no tratamento.

    As sessões são semanais, a cada 7dias, e o tempo  de tratamento é variável de acordo com a indicação.

    Recomenda-se não realizar atividade física logo após a sessão, mas não requer afastamento do trabalho.
  • Luz Intensa Pulsada

    Luz Intensa Pulsada

    Energia luminosa policromática com múltiplos comprimentos de onda, que variam de 500-1200nms.

    Permite alcançar mais de um alvo em um mesmo tratamento melhorando a qualidade da pele.

    A tecnologia tem o benefício de ser um tratamento seguro, com baixa incidência de complicações e boa tolerância dos pacientes.

    Indicada para o tratamento de sardas e melanoses(manchas de pele), melhora da textura da pele e poros cutâneos, vasos faciais e fotodepilação(aprovada pelo FDA como permanente na remoção de pelos).

    Contra-indica-se a aplicação em peles bronzeadas; herpes ativa e infecções no local de tratamento; gestação; portador de lesões malignas; epilepsia; Lupus; uso de isotretinoína oral; história de quelóide e alergia a luz solar.

    Após a aplicação é comum uma leve sensação de ardência que desaparece em média duas horas.

    É recomendado evitar exposição solar da área tratada durante o tratamento, assim como evitar o uso de agentes esfoliantes, ceras, pinças e autobronzeadores na área tratada.

    O tratamento consiste de várias sessões, com intervalos mensais, sendo o número médio de sessões variável  conforme a indicação.

  • Peeling de Cristal

    Peeling de Cristal

    O Peeling de Cristal ou também conhecido como microdermoabrasão tem sido utilizado há mais de 10 anos nos países europeus e da América do Norte.
    Seu sucesso está no fato do procedimento ser rápido, seguro, não cirúrgico e indolor.
    O princípio físico de funcionamento do equipamento do peeling de cristal se baseia na esfoliação mecânica da pele através da pulverização de microcristais de óxido de alumínio. Tal projeção promove a eliminação das linhas cutâneas superficiais ,estimulando a produção de colágeno e melhorando a textura e o tônus da pele.
    As principais indicações do método são a prevenção e tratamento de linhas e rugas finas faciais, cicatrizes de acne,estrias,distúrbios pigmentares, cicatrizes pós-traumáticas ou pós-cirúrgicas, poros dilatados e irregularidades cutâneas.
    Pode ser aplicado em todos os tipos de pele, em qualquer época do ano e, após o tratamento, o paciente pode retornar normalmente às suas atividades.
    É o aliado ideal de outros tratamentos cosmetológicos para a pele.
    Indicações:

    *Rejuvenescimento – prevenção e tratamento;
    *Linhas e rugas finas;
    *Cicatrizes de acne;
    *Cicatrizes pós-traumáticas e pós-cirúrgicas;
    *Poros dilatados, comedões e irregularidades cutâneas.
  • Peeling para olheiras

    Peeling para olheiras

    Consiste na aplicação de um gel à base de ácido tranexâmico e ácido tioglicólico que têm por objetivo inibir a síntese de melanina e remover os depósitos de hemosiderina, pigmentos que escurecem as olheiras.
     
    É um peeling superficial, promove um leve eritema com suave descamação, sem dor ou irritação local.
     
    São necessárias em média de 6 a 8 sessões em um intervalo de 15 dias.
  • Peelings Químicos

    Peelings Químicos


    O peeling químico é um procedimento médico que consiste na aplicação de um ou mais agentes esfoliantes na pele promovendo a descamação da epiderme e /ou derme e pode induzir a remodelação do colágeno, o que auxilia no tratamento do envelhecimento cutâneo, rugas, manchas e cicatrizes.

    Os locais indicados para a realização de peelings são  a face, o pescoço, as mãos e o corpo.

    A escolha do tipo de peeling a ser aplicado depende de uma avaliação clínica detalhada em que se considera o tipo de pele do paciente e o tipo de lesão a ser tratado, o histórico de tratamentos anteriores, de alergias a medicamentos e as reais expectativas do paciente.

    O primeiro passo é o tratamento domiciliar pré- peeling que permite uma penetração mais uniforme do agente esfoliante, de forma que a renovação da pele ocorra de maneira mais rápida.

    É imprescindível o uso diário de fotoprotetor e evitar a exposição solar direta durante o tratamento.

    A descamação fina inicia do 2º ao 6º dia, após a aplicação em consultório, e requer cuidados mínimos de hidratação e fotoproteção da pele com retorno imediato ao trabalho.
  • Radiofrequência Hertix

    Radiofrequência Hertix

    Equipamento que converte a energia elétrica em térmica e, por meio do aquecimento
    da pele em profundidade, ocorre o aumento do fluxo sanguíneo na região aplicada
    com remodelamento do colágeno, melhora do trofismo celular e reabsorção do excesso de líquido intercelular.  
    A ação da radiofrequência se dá nas camadas mais profundas da pele (derme e subcu-
    tâneo),enquanto a superfície da pele se mantém resfriada.
    O que se observa é a recuperação da perda de elasticidade e firmeza da pele  rompidas pelo tempo e o brilho natural da tez.
    Indicado para o tratamento de flacidez cutânea, sequela de acne, fotoenvelhecimento facial, celulite e melhora do contorno corporal.
    Contra-indicado na gestação, portadores de marcapasso cardíaco, sobre próteses metálicas e de silicone, processos infecciosos agudos, trombose venosa e alterações hemorrágicas, doença neoplásica, preenchimentos e toxina botulínica.
    O tratamento é indolor, com intervalos a cada 15 dias e pode ser aplicado no verão e inverno.
    Os resultados são percebidos de maneira gradual e, em média,são necessárias 4-6 sessões para a face e 6-8 sessões para os tratamentos corporais.

  • Toxina Botulínica tipo A

    Toxina Botulínica tipo A

    A Toxina Botulínica tipo A é um medicamento que relaxa a musculatura onde é aplicada,proporcionan-
    do diminuição de marcas e rugas de expressão,e é utilizada também no tratamento de hiperidrose
    (sudorese excessiva),contraturas musculares e estrabismo.
    O uso da Toxina Botulínica é considerada uma opção de tratamento segura, simples, rápida e eficaz
    para o rejuvenescimento facial.
     
    Os resultados iniciam em 48-72hs após a aplicação,tendo seu efeito máximo em torno de 15 dias e dura,
    em média, de três a seis meses.
    Com a técnica e dose corretas,o tratamento não causa nenhuma mudança radical na aparência, e a ex-
    pressão facial fica naturalmente mais suave.
    A aplicação é feita no consultório,com material descartável,praticamente indolor.

                                                                                   Cuidados após a aplicação

    # o(a)paciente pode retornar ao trabalho devendo apenas evitar exercícios ou esforços físicos nas pri-
    meiras 24hs.

    # Manter-se na posição vertical nas primeiras 4hs,evitando deitar-se .

    # Não massagear os pontos de aplicação ou forçar os movimentos de mímica facial nas primeiras 4hs.

    # Pode aparecer inchaço,vermelhidão ou hematoma nos locais de aplicação. Essa é uma reação comum
    do organismo a qualquer injeção,com regressão espontânea após alguns dias sem a necessidade de um
    tratamento específico.
  • Ultrassom Wave HZ 6C

    Ultrassom Wave HZ 6C

    O Wavehz 6c é um equipamento moderno, desenvolvido e testado de acordo com normas internacionais que garantem segurança e eficácia na sua utilização.

    Dotado de um potente emissor de ultrassom, um transdutor com 3 cristais de 3MHz de frequência, converte a energia sonora em térmica cujo resultado é o aumento do fluxo sanguíneo, da permeabilidade da membrana , aceleração dos processos osmóticos e a regeneração das fibras de colágeno.

    Soma-se a isso, a presença de seis canais de estimulação russa que objetivam tratar flacidez muscular local e a melhora do trofismo(tensão) muscular em pós-operatório ou pós-período de imobilização.

    De forma geral, favorece a remoção da gordura localizada e da celulite, o tratamento intensifica a absorção de princípios ativos locais, favorece a reabsorção de hematomas, regeneração de fibras de colágeno e a melhoria da drenagem linfática local.

    Estudos realizados in vivo (L.Parada) comprovam que a aplicação do ultrassom em doses clínicas  promove a eliminação da gordura armazenada nos adipócitos. A micro-agitação mecânica gerada pelo ultrassom reduz a gordura em partículas finas que atravessam a parede dos adipócitos , sendo eliminadas pela circulação linfática na urina.

    Contra-indicado na gestação, processos infecciosos, trombose venosa, portadores de marca-passo e doenças neoplásicas.

    Recomenda-se em média 10 a 15 sessões de 1 a 2 vezes por semana, definido conforme a avaliação médica.

    Enfatiza-se que para qualquer tratamento corporal obter o resultado desejado é necessário aliar a prática de atividade física regular e adotar uma dieta alimentar saudável, com restrição de doces, gorduras e carboidratos complexos.